CRAVAÇÃO

 

O que é cravação?

O dicionário diz o seguinte:
cravação
substantivo feminino
1.
ato, processo ou efeito de cravar alguma coisa a outra; cravadura, cravamento.

Para se inserir uma gema (pedra preciosa) à uma jóia é utilizada a técnica de joalheria conhecida como cravação.
Mas a inclusão da gema não é pensada apenas na hora de fixá-la, tudo deve ser planejado desde o design da jóia.
No design da joia, além de se gerar o desenho artístico, que apresenta a proposta de conceito para a peça, o designer deve gerar também o desenho técnico para que o cravador saiba como elaborar o seu trabalho sem alterar o conceito aprovado, realizando inclusive o tipo de cravação descrito no design.

Isso! Existem várias técnicas para se vincular uma ou diversas gemas à joia, e a TM vai tentar explicar as mais comuns à seguir.

Continue aqui com a gente para saber mais sobre essa arte minunciosa, e aproveite para nos dizer qual te agrada mais, ou nos enviar uma sugestão de técnica que não explicamos aqui.

Para ver nossos designs e coleções, faça o seu cadastro no link:
http://www.themadam.com.br/registro/Em nossas mídias, você verá muita coisa interessante também, acompanha a The Madam

Sem mais delongas, vamos lá

TIPOS DE CRAVAÇÃO

– GARRAS
Esse é o método mais comum e foi desenvolvido por Charles Tiffany em 1886, na intensão de exibir a gema com maior destaque e valorizar ao máximo seus brilhos e com, com a entrada abundante de luz

– INGLESA
Uma técnica muito antiga e ainda muito utilizada. Um aro cobre a gema, sem garras, exercendo pressão sobre a pedra preciosa.

– PAVÊ
Técnica utilizada para a cobertura da joia com diversas gemas, geralmente calibradas, de tamnanhos iguais ou bem semelhantes.

 

– GRÃO
Cravação individual, onde a gema é fixada em uma caixa usando uma ferramenta chamada buril.
// imagem de buril

 

– TRILHO
Também conhecida como carrê, as gemas são colocadas em sequência, entre dois trilhos, fixadas por cortes precisos nas laterais de metal, de modo que encaixem perfeitamente.

 

– BIGODINHO
A gema é posicionada na joia com um furo abaixo para facilitar a entrada e saída de luz. Com o auxílio do buril, 4 rebarbas são levantadas e posicionadas sobre a gema para fixá-la.

 

– TENSÃO
Usando a tensão do metal, a gema é fixada sob pressão.

 

– DE VIROLA
A gema é posicionada em uma moldura e as extremidades são precionadas para fixá-la.

 

– DE ESFÉRAS
Esse tipo de cravação é feito com uma base criada em forma circular concava com um pino central. A gema esférica se encaixa sobre essa base e o pino é colado dentro dela. Em alguns tipos de joia, podem ser fixadas com passagem de fios dentre os furos feitos nas esferas, como em colares de pérolas, por exemplo.

 

Gostou desse artigo?

Envie seu comentário, compartilhe e aproveite para se cadastrar aqui no site e ter acesso à todas as coleções da The Madam.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Design de Jóias